Anderson de Souza (AND)

Os trabalhos de Anderson de Souza discutem a relação do homem com o espaço urbano em que ele vive. Seus personagens possuem como características marcantes um sorriso nervoso e um grande olho no canto da face. Segundo o artista, este "olho" é a representação de uma câmera de segurança utilizada pela sociedade do controle, na qual vivemos.

 

Para que essa temática seja tangível, Anderson utiliza variadas técnicas como, por exemplo, colagem, pintura, fotografias e vídeos. As superfícies e os materiais também são múltiplos: muros, tecidos, telas, objetos de madeira, folhas de outdoors, PVC, bulas de remédios, spray, tinta acrílica, aquarela e caneta Posca.
 

    "Todo artista tem que correr o risco"